-Objetivos- -Coleções- -Glossário- -Artigos- -Reportagens- -Notícias- -Universo da Filatelia- -Informações- -Peças Filatélicas- -Material Filatélico- -Mercado Virtual- -Bibliografia- -Aceita um cafezinho?- -Contato- -Home-

1 de dezembro de 2011


29 - Campanha de Prevenção da AIDS (quadra)

29 - Campanha de Prevenção da AIDS (quadra)
--------------------------------------------------------------
SOBRE OS SELOS

Os selos apresentam em sua composição símbolos e chamadas sobre os riscos de se contrair o HIV e as formas corretas de prevenção contra o vírus, em todas as fases da vida. A técnica utilizada para a criação dos selos foi ilustração manual pelo inconfundível traço do cartunista Ziraldo e arte-finalização por meio de computação gráfica.

DETALHES TÉCNICOS

Edital nº 29 Arte: Ziraldo Processo de Impressão: Ofsete Folha com 24 selos Papel: Cuchê gomado Valor facial: 1º Porte Carta Comercial Tiragem: 2.400.000 selos Área de desenho: 33mm x 33mm Dimensões do selo: 38mm x 38mm Picotagem: 11,5 x 11,5 Data de emissão: 1º/12/2011 Local de lançamento: Brasília/DF Impressão: Casa da Moeda do Brasil Prazo de comercialização pela ECT: até 31 de dezembro de 2014 (este prazo não será considerado quando o selo/bloco for comercializado como parte integrante das coleções anuais, cartelas temáticas ou quando destinado para fins de elaboração de material promocional).

Texto descritivo do Edital
Campanha de Prevenção da AIDS
30 anos da descoberta, 28 anos de resposta brasileira

Os Correios, por meio da emissão de oito selos e de uma cartilha educativa, criados pelo cartunista Ziraldo, focalizam os riscos de se contrair o HIV e as formas corretas de prevenção contra o vírus, em todas as fases da vida.

No ano de 1981, jovens, anteriormente saudáveis, apresentaram sintomas de pneumonia e feridas na pele. Uma característica comum a essas pessoas chamava a atenção dos profissionais: todas eram homossexuais do sexo masculino. Assim começava a história da AIDS no mundo. Rapidamente artigos foram publicados, informando as semelhanças entre os casos ocorridos, o que levou a imprensa, de forma equivocada, a usar a expressão “câncer gay” em seus relatos. Atualmente, sabe-se que a doença não está restrita a um grupo de risco específico e que a prevenção e os cuidados devem ser preocupação de toda a população.

No Brasil, grupos de organizações da sociedade civil e profissionais de saúde estavam empenhados em redesenhar a assistência pública à comunidade, o que ficou conhecido como movimento de reforma sanitária. Assim, surgiram as “Ações Integradas em Saúde”, que viriam a ser, futuramente, o Sistema Único de Saúde - SUS.

Em 1983, foram feitos os primeiros diagnósticos de AIDS no Brasil. Quase que imediatamente, o primeiro programa oficial de controle da doença foi implantado em São Paulo. Surgiram, também, as primeiras Organizações não governamentais – ONGs dedicadas à área e, em 1986, foi criada a Coordenação Nacional de DST/ AIDS.

O conhecimento disponível sobre a doença acumulou-se rapidamente. Para os pesquisadores internacionais, havia fortes evidências do caráter infeccioso da doença. O vírus começou a ser chamado de “vírus da imunodeficiência humana”. E foi pela sua sigla em inglês – HIV – que ficou conhecido no Brasil.

Em 1988, a Organização Mundial da Saúde instituiu o dia 1º de dezembro como Dia Internacional de Luta contra a AIDS. Isso foi parte de uma estratégia de mobilização, conscientização e prevenção em escala global. A data foi observada também no Brasil, tornando-se mote para o lançamento de informações e campanhas educativas.

As campanhas oficiais de prevenção contra a AIDS, iniciadas ainda em 1987, mudaram de tom ao longo de sua história. No início dos anos 90, um discurso intimidatório, que reforçava a discriminação (baseado na ideia de que a AIDS não tem cura e mata), enfrentou a resistência dos movimentos sociais organizados. Com o passar dos anos, foi aceita a ideia de que a luta contra a discriminação e o preconceito e, também, a defesa da solidariedade e dos direitos das pessoas vivendo com HIV e AIDS faziam parte da prevenção.

Foi aprovada, em 1987, a primeira medicação com eficácia, ainda que limitada, contra a doença, o AZT. Em 1996, com o surgimento dos fármacos inibidores da protease e a utilização simultânea de múltiplas drogas, alcançou-se importante vitória na luta contra a manifestação do vírus. Essas ações detiveram a evolução da doença e evitaram o progresso da deterioração do sistema imunológico.

O Brasil adotou uma política de distribuição da medicação, via SUS, conhecida como tratamento universal. Essa estratégia mostrou-se eficaz e houve redução da mortalidade e diminuição dos gastos com o tratamento.

O início do novo século assinalou o reconhecimento do programa brasileiro de controle do HIV e AIDS como exemplo internacional. Suas características mais marcantes - a integração entre prevenção e assistência, a incorporação da perspectiva de direitos civis à prevenção, a universalidade, entre outras - são reflexos dos princípios legais do próprio Sistema Único de Saúde, mas, também, da evolução dinâmica da resposta da sociedade ao desafio representado por uma epidemia.

Olhando para o caminho percorrido nos últimos vinte e oito anos e reconhecendo o impacto decisivo desse conjunto de ações em dados expressivos, como a redução da mortalidade ou a estabilização da progressão dos novos casos, os avanços foram inegáveis. E isso foi, indubitavelmente, uma conquista do povo brasileiro.

Myllene Muller
Consultora Técnica do Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais
Ministério da Saúde
--------------------------------------------------------------
Veja a íntegra do Edital (Arquivo .pdf)
Edital 29 - 2011
29 - CAMPANHA DE PREVENÇÃO DA AIDS
--------------------------------------------------------------
Alguns dos temas ilustrados pelas peças

Medicina, sexo, sexo seguro, amor, prevenção, solidariedade, doenças contagiosas, campanhas preventivas e de esclarecimento, medicamentos,

--------------------------------------------------------------
Peças Filatélicas

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - quadra com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação.

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - quadra com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação.

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão particular

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - máximo postal
Postal de emissão Schmittstamps 2011

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado, registrado, com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação sobre quadra.

29 - Campanha de Prevenção da AIDS - envelope circulado, registrado, com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação sobre quadra.
--------------------------------------------------------------
Cartões-Postais

Cartões, emitidos com parte de uma campanha do Ministério da Saúde, serão utlizadaos na montagem de máximos postais.


Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de emissão do Ministério da Saúde, cartum - 1º Festival Internacional de Humor dst & AIDS

Postal de eedição particular, Campanha de Prevenção da AIDS
--------------------------------------------------------------
Próxima Série: Clique no título.
30 - Série Relações Diplomáticas: Brasil - Qatar (19/12)
Série Anterior: Clique no título.
28 - Emissão MERCOSUL – Atores Nacionais: Centenário do Nascimento de Mário Lago
Voltar para o Indice do Album 2011
Desenvolvimento: João Alberto Correia da Silva