-Objetivos- -Coleções- -Glossário- -Artigos- -Reportagens- -Notícias- -Universo da Filatelia- -Informações- -Peças Filatélicas- -Material Filatélico- -Mercado Virtual- -Bibliografia- -Aceita um cafezinho?- -Contato- -Home-

21 de janeiro de 2011


3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura
SOBRE O SELO

Empregando técnicas de fotografia e computação gráfica, o selo mostra o padre Landell de Moura falando ao microfone no “transmissor de ondas”, um dos aparelhos por ele inventado. Ao fundo são reproduzidos os documentos da patente obtida em 1904, nos Estados Unidos, para esse aparelho. O elemento iconográfico que aparece no lado esquerdo inferior representa uma onda de rádio modulada em amplitude. “Modulação em amplitude” (ou AM, do inglês Amplitude Modulation) foi a técnica inventada por Landell de Moura nos seus experimentos de transmitir a voz humana a longas distâncias e sem utilização de fios.

DETALHES TÉCNICOS

Edital nº 3 Artista: Lidia M. Hurovich Neiva Colaboração: Marco Aurélio Cardoso Moura Processo de Impressão: Ofsete Folha com 30 selos Papel: Cuchê gomado Valor facial: 1º Porte Carta Comercial Tiragem: 300.000 selos Área de desenho: 40mm x 30mm Dimensões do selo: 40mm x 30mm Picotagem: 11,5 x 12 Data de emissão: 21/1/2011 Locais de lançamento: Brasília/DF, Campinas/SP e Porto Alegre/RS Impressão: Casa da Moeda do Brasil Prazo de comercialização pela ECT: até 31 de dezembro de 2014 (este prazo não será considerado quando o selo/ bloco for comercializado como parte integrante das coleções anuais, cartelas temáticas ou quando destinado para fins de elaboração de material promocional.)

Texto descritivo do Edital
150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura
O Pai Brasileiro do Rádio

Em comemoração aos 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura, precursor da radiodifusão no Brasil, os Correios emitem um selo postal em sua homenagem.

Roberto Landell de Moura foi um pioneiro das telecomunicações. Realizou as primeiras transmissões, no mundo, da voz humana à distância e sem fios. Foi precursor da chamada radiotelefonia, que nada mais é do que o rádio tal como é conhecido nos dias atuais.

Natural de Porto Alegre (21 de janeiro de 1861), Landell ordenou-se sacerdote em Roma, em 1886. Além de teologia, estudou física e química na Universidade Gregoriana, em Roma, Itália, e lá começou a esboçar a teoria na qual embasou as suas diversas invenções.

Padre e cientista, Landell realizou as suas pioneiras experiências no final do século XIX. Na mesma época, enquanto os aparelhos de Landell transmitiam a voz, os de Guglielmo Marconi, célebre inventor italiano, que inventou a telegrafia sem fios ou radiotelegrafia, emitiam sinais em código Morse (conjuntos de pontos e traços). O físico canadense Reginald Fessenden também foi um dos pioneiros na transmissão de voz (1900), mas as suas experiências foram posteriores às do brasileiro.

Autodidata na emergente ciência da rádio-eletricidade, Landell executou tudo sozinho. Com escassos recursos financeiros, projetou aparelhos, fabricou peças e testou insistentemente seus dispositivos até obter êxito na transmissão de sons sem fios.

Apesar das inúmeras dificuldades, patenteou os seus inventos no Brasil (1901) e nos Estados Unidos (1904). Nas cartas patentes, Padre Landell recomendou o uso de ondas curtas para aumentar a distância das transmissões, um fato que seria reconhecido mais tarde por outros cientistas. Também transmitiu mensagens através da luz, o mesmo princípio usado modernamente nas fibras ópticas.

Além do rádio, projetou a televisão em 1904 (a invenção oficial é de 1926), foi precursor do teletipo e um dos pioneiros do controle remoto através de ondas de rádio, sempre com esforço próprio.

Padre Landell faleceu no anonimato, em 30 de junho de 1928, na sua cidade natal. A história de Roberto Landell de Moura, um homem à frente de seu tempo, ainda hoje é desconhecida pela maioria de seus compatriotas.

A vida do Padre Landell está contada em vários livros publicados no Brasil e um na Alemanha. Todo o seu acervo encontra-se arquivado no Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRGS).

Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul Porto Alegre/RS

A Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão - LABRE, nesta oportunidade, também homenageia pelos 150 anos de seu nascimento o pioneiro na transmissão da voz humana sem o emprego do fio (radioemissão e telefonia por rádio), o Padre Roberto Landell de Moura, o Patrono dos Radioamadores do Brasil.

A sua importância para os Radioamadores e para o Radioamadorismo brasileiro pode ser constatada quando a então Diretoria Seccional do Estado de São Paulo da Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão, LABRE – SP, elaborou um estudo propondo que o Padre-Cientista fosse declarado o Patrono dos Radioamadores Brasileiros. Em reunião realizada em Brasília – DF, no dia 25 (vinte e cinco) de setembro de 1981, foi, Roberto Landell de Moura, eleito, pelo Egrégio Conselho Federal da LABRE, o Patrono dos Radioamadores Brasileiros.

A única entidade representativa dos Radioamadores Brasileiros de âmbito nacional, a LABRE, reconhece que, sem os esforços daquele insigne brasileiro, as telecomunicações não teriam sido desenvolvidas logo no início do Século XX e, já em 1905, realizadas as primeiras transmissões via rádio. Neste momento, em que é comemorado o sesquicentenário de seu nascimento, não poderiam os Radioamadores ficar ausentes, uma vez que a classe de Radioamadores brasileiros tem como máxima o lema: “QUEM NÃO VIVE PARA SERVIR, NÃO SERVE PARA VIVER”, o que foi, também, no âmago, o seu lema de vida.

Pelo seu grande feito, homenagens já lhe vêm sendo prestadas por órgãos e instituições como a “Fundação Educacional Padre Landell de Moura”, Porto Alegre/RS; o “Centro de Pesquisas e Desenvolvimento - CPqD Roberto Landell de Moura”, criado em 1976 pela Telebrás; e o Exército Brasileiro que, em 2005, denominou o Primeiro Centro de Telemática de Área em Porto Alegre/RS, “Centro de Telemática Landell de Moura”.

A LABRE comunga dos mesmos ideais de todos os brasileiros envolvidos no trabalho de exaltar, mostrando ao mundo, os feitos do Patrono dos Radioamadores Brasileiros e, sem dúvida, o selo alusivo ao seu sesquicentenário de nascimento é mais uma grande ferramenta para divulgar tão importante personalidade.

Francisco Ricardo Favilla – PT2RY
Diretor Executivo da LABRE

Agradeço ao Fábio Serra Flosi a colaboração preciosa com esta página. Além de outras informações ele me enviou o arquivo do Edital, com a observação que o recebera do Reinaldo Macedo do CTC de Campinas.

Além disso, em mensagem enviada aos associados do Clube Virtual de Maximafilia (para associar-se, acesse o link na seção "Universo da Filatelia" desta página), o Fábio identificou o link para uma reportagem do Jornal Nacional, colocada no YouTube, que pode ser acessada através do link a seguir:

Veja o video da reportagem

Pesquisando no YouTube, encontrei outra reportagem que também reporto muito boa, uma entrevista com o rádio amador Ivan Dorneles Rodrigues - PY3IDR sobre o patrono dos radioamadores brasileiros, o cientista e padre Landell de Moura, na TV Assembléia do Rio Grande do Sul - parte 1, cujo link é:

Veja o video da reportagem

Acessando qualquer uma destas reportagens, você encontrará uma lista de outros trabalhos sobre o Padre Landell de Moura.

--------------------------------------------------------------
Veja a íntegra do Edital (Arquivo .pdf)
Edital 3 - 2011
150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura
--------------------------------------------------------------
Alguns dos temas ilustrados pelas peças

O selo ilustra: História, transmissão por ondas, radioamadorismo, invenções, artefatos, física, personalidades, cientistas, inventores, precursores.

--------------------------------------------------------------

Roberto Landell de Moura (Porto Alegre, 21 de janeiro de 1861 — Porto Alegre, 30 de junho de 1928) foi um padre católico e inventor brasileiro.

É considerado um dos vários "pais" do rádio, no caso o pai brasileiro do Rádio. Foi pioneiro na transmissão da voz humana sem fio (radioemissão e telefonia por radio) antes mesmo que outros inventores, como o canadense Reginald Fessenden (dezembro de 1900). Marconi se notabilizou por transmitir sinais de telegrafia por rádio; e só transmitiu a voz humana em 1914.

Saiba mais:
artigo de Fábio Serra Flosi, publicado no "site" da Federação dos Filatelistas do Brasil – FEFIBRA

Agradeço ao Fábio a indicação do "link" para o artigo. Outras informações, inclusive sobre a repercussão do lançamento em jornais e outras entidades jornalisticas podem ser encontradas no site da FEFIBRA

--------------------------------------------------------------
Peças Filatélicas

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - quadra com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - Máximo Postal
Cartão-Postal de emissão de www.selosefilatelia.com., Edições Temáticas, Padre Landell de Moura

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - Máximo Postal
Cartão-Postal de emissão de www.selosefilatelia.com., Edições Temáticas, Transmissor de Ondas, invento do Padre Landell de Moura
réplica funcional construida por Marco Aurelio Cardoso Moura em maio de 2004

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura
Curiosidade filatélica
Cartão LABRE utilizado para confirmação de contato por rádio transmissão, postado em Rio Claro, SP, com carimbo comemorativo sobre selo da emissão de Natal em 8/12/1967, e com carimbo de chegada a Brasilia no anverso, datado de 20/12/1967

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - envelope comemorativo de 1º dia de circulação - FDC (Olho-de-Boi)

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - envelope circulado com carimbos comemorativo de 1º dia de circulação e datador (Porto Alegre)
Agradeço ao Fábio Flosi a gentileza da remessa da missiva,contendo um exemplar do selo e outro do Edital.

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - envelope circulado, registrado, com carimbos comemorativo de 1º dia de circulação e datador

Recebi do Fábio Flosi as imagens de um envelope circulado, registrado, enviado para o Japão e devolvido por erro de endereçamento. Ressalto que, apesar da grande distância percorrida e pelo múltiplo manuseio do objeto, o mesmo foi devolvido em estado impecável. Agradeço ao Fábio a gentileza, inclusive de autorização para publicação na minha página.


3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - envelope circulado, registrado, com carimbos comemorativo de 1º dia de circulação e datador, devolvido ao remetente.

3 - 150 anos de nascimento do Padre Landell de Moura - verso de envelope circulado, registrado, com carimbos comemorativo de 1º dia de circulação e datador, devolvido ao remetente.
--------------------------------------------------------------
Cartões Postais

Cartão Postal de emissão de www.selosefilatelia.com., Edições Temáticas, Padre Landell de Moura

Cartão Postal de emissão de www.selosefilatelia.com., Edições Temáticas, Transmissor de Ondas, invento do Padre Landell de Moura
réplica funcional construida por Marco Aurelio Cardoso Moura em maio de 2004
Próxima Série: Clique no título.
4 - UPAEP – 100 Anos Unido Culturas (23/3)
Série Anterior: Clique no título.
2 - 150 anos da Caixa Economica Federal - Folha de Selos Personalizados
Voltar para o Indice do Album 2011
Desenvolvimento: João Alberto Correia da Silva