-Objetivos- -Coleções- -Glossário- -Artigos- -Reportagens- -Notícias- -Universo da Filatelia- -Informações- -Peças Filatélicas- -Material Filatélico- -Mercado Virtual- -Bibliografia- -Aceita um cafezinho?- -Contato- -Home-

1 de janeiro de 2011


1 - Emissão comemorativa "Homenagem ao Presidente Lula"
--------------------------------------------------------------
SOBRE O SELO

O selo apresenta a foto oficial do segundo mandato do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nos jardins do Palácio da Alvorada. O Presidente, com um sorriso estampado no rosto, porta a faixa presidencial, atribuindo à peça caráter solene e oficial. Em segundo plano, a imagem apresenta os arcos do Palácio da Alvorada, moradia oficial do Presidente da República do Brasil. Foram utilizadas as técnicas de fotografia e computação gráfica.

DETALHES TÉCNICOS

Edital nº 1 Foto: Ricardo Stuckert Processo de Impressão: Ofsete Folha com 30 selos Papel: Cuchê gomado Valor facial: R$2,00 Tiragem: 900.000 selos Área de desenho: 25mm x 35mm Dimensões do selo: 30mm x 40mm Picotagem: 12 x 11,5 Data de emissão: 1º/1/2011 Local de lançamento: Brasília/DF Impressão: Casa da Moeda do Brasil Prazo de comercialização pela ECT: até 31 de dezembro de 2014 (este prazo não será considerado quando o selo/bloco for comercializado como parte integrante das coleções anuais, cartelas temáticas ou quando destinado para fins de elaboração de material promocional.)

Texto descritivo do Edital
Homenagem ao Presidente Lula

Este selo postal, emitido, como de praxe, logo depois da conclusão de mandato presidencial, homenageia Luiz Inácio Lula da Silva, dirigente da Nação de 2003 a 2006 e de 2007 a 2010.

O Presidente Lula nasceu em 27 de outubro de 1945, no então distrito de Caetés, município de Garanhuns, Pernambuco. É o sétimo dos oito filhos de Aristides Inácio da Silva e Eurídice Ferreira de Mello, carinhosamente chamada de “dona Lindu”.

Em dezembro de 1952, dona Lindu, juntamente com os filhos, migrou para o litoral paulista, viajando 13 dias em caminhão “pau-de-arara”. Foram morar em Vicente de Carvalho, bairro pobre do Guarujá. Lula foi alfabetizado no Grupo Escolar Marcílio Dias e completou o ensino fundamental. Em 1956, mudaram-se para São Paulo e foram morar em um único cômodo, nos fundos de um bar, no bairro do Ipiranga.

Aos 12 anos de idade, Lula conseguiu seu primeiro emprego, em lavanderia. Foi também engraxate e “office-boy”. Com 14 anos, começou a trabalhar nos Armazéns Gerais Columbia, onde teve a carteira de trabalho assinada pela primeira vez. Transferiuse mais tarde para a Fábrica de Parafusos Marte e conseguiu vaga no curso de torneiro mecânico do SENAI - Serviço Nacional da Indústria. Os estudos duraram três anos e Lula tornou-se metalúrgico.

Em 1969, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema fez eleição para escolher a nova diretoria e Lula foi eleito suplente. Na eleição seguinte, em 1972, tornou-se primeiro secretário. Em 1975, foi eleito presidente do sindicato com 92% dos votos e aí já representava 100 mil trabalhadores.

Lula deu novo rumo ao movimento sindical brasileiro. Em 1978, foi reeleito presidente do sindicato (98% dos votos) e, após 10 anos sem greves operárias - em razão do regime militar, em vigor, ocorreram no País as primeiras paralisações. Em março de 1979, 170 mil metalúrgicos pararam o ABC paulista. O carismático dirigente liderou então memoráveis assembleias no estádio de vila Euclides, em São Bernardo, cujos participantes não se intimidaram diante do aparato policial.

A repressão ao movimento grevista e a quase inexistência de políticos que representassem os interesses dos trabalhadores no Congresso Nacional fizeram com que Lula pensasse pela primeira vez em criar um partido de trabalhadores.

Em 10 de fevereiro de 1980, Lula fundou o Partido dos Trabalhadores (PT), juntamente com outros sindicalistas, intelectuais, políticos e representantes de movimentos sociais, como lideranças rurais e religiosas. Naquele mesmo ano, nova greve dos metalúrgicos provocou a intervenção do governo federal no Sindicato de São Bernardo e a prisão de Lula e de outros dirigentes sindicais com base na Lei de Segurança Nacional. Foram 31 dias de prisão, durante os quais Lula recebeu a notícia do falecimento de sua mãe.

Lula liderou a organização do partido, que, em 1982, já estava implantado em quase todo o território nacional. Disputou naquele ano o governo paulista e ficou em quarto lugar. Em agosto de 1983, participou da fundação da CUT - Central Única dos Trabalhadores. Em 1984, integrou, como uma das principais lideranças, a campanha das “Diretas-Já”, que reivindicava a escolha direta do Presidente da República. Em 1986, foi o deputado federal mais votado do País, eleito com 650.134 votos para a Assembleia Nacional Constituinte.

O PT lançou Lula para concorrer à Presidência da República, em 1989, após 29 anos sem eleição direta para o cargo. Perdeu a disputa, no segundo turno, por pequena diferença de votos. Em 1994 e 1998, Lula voltou a se candidatar a Presidente da República e foi derrotado por Fernando Henrique Cardoso.

Lula persistiu em seu propósito e concorreu, novamente, em 2002. Apoiado em ampla aliança política, foi eleito Presidente da República Federativa do Brasil aos 57 anos de idade, com quase 53 milhões de votos. Foi reeleito em 2006 com mais de 58 milhões de votos.

O Presidente Lula e sua equipe iniciaram a implementação de medidas com vistas a resgatar as dívidas sociais fundamentais que o Brasil tinha com a grande maioria do povo. Deram início a uma série de transformações estruturais, que reduziram significativamente a pobreza e elevaram a geração de emprego e renda.

Lula é casado desde 1974 com Marisa Letícia e tem cinco filhos.

Gabinete da Presidência da República
Veja a íntegra do Edital (Arquivo .pdf)
Edital 1 - 2011
Emissão comemorativa "Homenagem ao Presidente Lula"
--------------------------------------------------------------
Alguns dos temas ilustrados pelas peças

O selo ilustra: Presidentes da República do Brasil, história, política, politicas sociais, arquitetura, edificações.

--------------------------------------------------------------
Peças Filatélicas

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Quadra com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Maximo postal
Cartão-Postal de emissão da Fentect, "Lula Falou"

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Maximo postal
Cartão-Postal de emissão de www.selosefilatelia.com. - Foto oficial do Presidente Lula, 2º mandato.

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Verso do Maximo postal autografado pelo homenageado
Cartão-Postal de emissão de www.selosefilatelia.com. - Foto oficial do Presidente Lula, 2º mandato.

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Maximo postal
Cartão-Postal de emissão de www.selosefilatelia.com.

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Maximo postal
Cartão-Postal de emissão de Schmittstamps 2011 - Luiz Inácio Lula da Silva, Presidente da República do Brasil - 2003 a 2010

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Envelope comemorativo de 1º dia de circulação - FDC (Olho-de-Boi)

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Envelope circulado com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação

Emissão Especial - Homenagem ao Presidente Lula - Envelope circulado, registrado com A.R. - Aviso de Recebimento, com carimbo comemorativo de 1º dia de circulação sobre quadra
--------------------------------------------------------------

Recebi do Jobson Ferreira Barbosa, do Grupo "Troca_de_Postais", a quem agradeço, o seguinte postal que foi utlizado para confecção de um máximo postal:


Cartão-Postal de emissão da Fentect, "Lula Falou"
Próxima Série: Clique no título.
150 anos da Caixa Econômica Federal
Série Anterior: Clique no título.
28a - Folha de selos personalizados, "Belezas de Goiás"
Voltar para o Indice do Album 2011
Desenvolvimento: João Alberto Correia da Silva